Vulcão Whakaari: polícia abre investigação a operadores turísticos

A polícia neozelandesa abriu uma investigação para apurar se houve responsabilidades dos operadores turísticos nas mortes de segunda-feira, por causa da erupção do vulcão Whakaari. Um balanço ainda provisório aponta para seis mortos, oito desaparecidos e 30 feridos graves. Três feridos ligeiros já tiveram alta.

Sobre "Jornal da Uma"