Era um dia de jogo normal. José foi ao estádio com o filho. Mas, no final da partida, foi violentamente agredido, a ponto de, até hoje, a criança nunca mais ter querido ir ao estádio. Prefere ver os jogos pela televisão", é este o retrato que o Governo faz para explicar a necessidade de haver uma campanha de combate à violência no desporto.

A campanha nacional chama-se "Violência Zero" e arranca esta quarta-feira. O objetivo é "sensibilizar a população para o fenómeno da violência, promovendo os valores éticos do desporto, como a cooperação, o respeito, a solidariedade e a tolerância", pode ler-se na nota enviada às redações.

O vídeo de promoção da campanha consiste em cinco adeptos sentados à volta de uma mesa a recordarem momentos relacionados com o futebol que os tenham marcado.

Daí, resultam quatro histórias de "alegria, entusiasmo, amor e orgulho". Mas, no fim, um dos adeptos conta uma história de violência "que põe,
imediatamente, fim ao ambiente de alegria que existia à volta da mesa".

Esta campanha é resultado de uma parceria com os quatro canais de televisão generalistas, sendo que o vídeo vai ser transmitido durante três semanas na SIC e na SIC Notícias, na TVI e na TVI 24, na CMTV e, durante quatro semanas, na RTP e na RTP3.

O vídeo vai ainda ser divulgado nas redes sociais da Liga Portugal, Federação Portuguesa de Futebol, Comité Olímpico de Portugal, Comité Paralímpico de Portugal, Confederação do Desporto de Portugal, entre outros, que se associam à campanha, existindo ações específicas ao longo das próximas semanas.

A campanha "Violência Zero" vai também desenvolver-se na internet. O site www.violenciazero.gov.pt promove o fair play no desporto, utilizando igualmente as redes sociais – Facebook e Instagram - para a divulgação de iniciativas promovidos no âmbito do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), bem como exemplos de boas práticas no campo da ética desportiva.

De referir ainda que a Escola será outra importante aliada desta campanha. O Ministério da Educação desafiou todos os agrupamentos escolares a fazerem de 13 a 17 de maio a “Semana Contra a Violência no Desporto”, desenvolvendo atividades de prevenção e combate, junto de crianças e jovens, nomeadamente no âmbito da disciplina de Educação Física.