Julio Velázquez, treinador do V. Setúbal, em declarações aos jornalistas após o triunfo sobre o Belenenses por 1-0 no Jamor:

«Foi um jogo muito difícil contra uma boa equipa.

Foi difícil para nós, pelo que se passou nas últimas duas semanas [doença de jogadores e eleições].

Mas este jogadores mostraram ser profissionais extraordinários. Tiveram o foco que precisávamos.

Na primeira parte tivemos mais problemas. O Belenenses fez uma boa primeira parte. Nos primeiros 30 minutos tivemos problemas para fechar os extremos quando apareciam no corredor central e também com os laterais. Na segunda parte estivemos mais confortáveis.

Hoje não pudemos ter tanta posse de bola. Tivemos de defender um bocado mais, mas também é futebol. É importante dominar este tipo de registos também. É importante ter variabilidade tática e estarmos preparados para diferentes situações no jogo. Foi uma vitória de muito valor e três pontos muito importantes contra uma equipa que, tal como nós, luta pela manutenção.»

[Sobre o sistema de três centrais apresentado por Petit]

«Não temos certezas sobre um modelo de jogo claro. Temos certezas sobre capacidades individuais, mas o mais importante são as complementaridades. Trabalhámos sob situações dele no Marítimo, Tondela, etc. O que faz quando pega numa equipa durante a época. Esse foi o nosso trabalho. Tínhamos dúvidas, mas os jogadores sabiam que podíamos encontrar uma defesa de cinco ou de quatro.»

[Os 22 pontos no final da primeira volta]

«Há que ter tranquilidade e focarmo-nos no dia a dia. Depois, veremos onde ficamos. Mas o nosso orçamento é o segundo mais baixo do campeonato e temos o objetivo da manutenção. Mas transmito a minha ambição. A mentalidade é jogar sempre para ganhar, mas vamos jogo a jogo.»

[Já falou com Paulo Gomes, o novo presidente do clube?]

«Fizemos um treino de ativação hoje de manhã. Antes de começarmos fomos apresentados. Foram palavras de ajuda e uma mensagem de normalidade e tranquilidade. Essa deve ser também a dinâmica desta equipa. Estes jogadores merecem ter calma, tranquilidade e foco no futebol.»