As greves do Metro de Lisboa, que estavam agendadas para esta semana foram desconvocadas, confirmou à TVI fonte da FECTRANS (Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações). De acordo com a mesma fonte, da reunião dos sindicatos com a administração, este domingo à noite, saiu uma proposta de acordo, que foi levada hoje aos trabalhadores e aprovada por "larga maioria". 

Assim, a paralisação agendada para 6 e 8 de novembro acabou por ser desconvocada. Da proposta de acordo aprovada esta segunda-feira pelos trabalhadores, faz parte a prorrogação da vigência do acordo de empresa por mais um ano. 

Para esta semana, estavam agendados dois dias de paralisação sem serviços mínimos, terça e quinta-feira, das 06:30 às 09:00, dias em que decorre a Web Summit.

Além da manutenção do atual acordo de empresa, os trabalhadores exigiam também a contratação de mais funcionários, bem como aumentos salariais.