Já ontem se soube que a taxa de desemprego baixou para 6,6% em setembro e esta quarta-feira é possível comparar Portugal com os outros países da zona euro e da União Europeia. Portugal teve a quarta maior queda no desemprego.

Na zona euro, a taxa de desemprego fixou-se no mês passado nos 8,1%, em baixa face aos 8,9% de setembro de 2017, mas estável na comparação com agosto.

Na UE, o desemprego foi de 6,9%, estável na comparação com agosto, mas abaixo dos 7,5% de setembro de 2017.

Na comparação com setembro de 2017, a taxa de desemprego recuou em 27 Estados-membros e subiu na Estónia.

Os maiores recuos homólogos do desemprego foram observados em:

  • Chipre: de 10,2% para 7,4%)
  • Croácia (de 10,5% para 8,2%)
  • Grécia (de 20,9% para 19,0%, dados de julho)
  • Portugal (de 8,5% para 6,6%)
  • Espanha (de 16,7% para 14,9%)

As menores taxas de desemprego registaram-se na República Checa (2,3%), Alemanha e Polónia (3,4% cada) e as mais altas na Grécia (19,0% em julho) e Espanha (14,9%).