O príncipe Azim, filho do sultão do Brunei, morreu aos 38 anos, este sábado, de acordo com fonte oficial do governo do país. As causas da morte não foram reveladas.

O segundo filho do sultão era conhecido pelo seu percurso enquanto produtor de cinema em Hollywood e pelas festas extravagantes repletas de celebridades como Pamela Anderson, Janet Jackson e Mariah Carey.

A cerimónia fúnebre de Haji Abdul Azil já teve lugar no Brunei e o país entrará agora um período de luto de sete dias, de acordo com a mesma fonte do governo. O corpo do príncipe foi sepultado no mausoléu da família real, onde estão antigos sultões e outros membros da família real.

Quarto na linha de sucessão, Azim tentou sempre distanciar-se das políticas do pai, o sultão Hassanal Bolkiah. Recorde-se que o Brunei é uma das poucas nações que ainda aplica a pena de morte para pessoas homossexuais.