Uma portuguesa de 20 anos que estudava na Universidade da Beira Interior foi encontrada morta na varanda de um dos dormitórios da Universidade de Educação Física de Varsóvia, afirmou a polícia local à PAP, a agência de notícias polaca.

Até ao momento, de acordo com as autoridades e com a Universidade da Beira Interior sabe-se que a jovem era estudante do curso de Economia e encontrava-se atualmente na Universidade de Tecnologia de Varsóvia, no âmbito do programa de mobilidade Erasmus.

Uma porta-voz da polícia de Varsóvia disse à agência de notícias que as autoridades foram chamadas ao campus por volta das 08:00 horas desta quinta-feira, onde verificaram que existia um cadáver na varanda de um dos dormitórios.

“Vamos determinar o que aconteceu e o que a vítima estava lá a fazer”, disse a porta-voz à imprensa polaca.

VEJA TAMBÉM:

À TVI24, o gabinete da Secretária de Estado das Comunidades que avançou estar a acompanhar a situação e a apurar mais detalhes.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros disse ainda lamentar "profundamente a morte de uma cidadã portuguesa em Varsóvia" e estar a acompanhar a situação através da embaixada de Portugal na capital polaca, estando esta em contacto com a família e as autoridades locais.

A polícia conseguiu obter um documento de identificação da jovem. De acordo com a TVP, televisão pública, a jovem terá tentado entrar num dos dormitórios da universidade para uma festa, mas terá caído.

O corpo da vítima foi levado para que seja realizada uma autópsia que determine as circunstâncias exatas do incidente. 

Henrique Magalhães Claudino / Com Cristiano Costa