MC Kevin terá caído quando saltava de uma varanda para outra no quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro, no domingo, onde estava hospedado com a mulher e membros do seu grupo.

Esta é, pelo menos, uma das linhas de investigação da polícia brasileira à morte do músico de 23 anos, à qual não será indiferente o vídeo divulgado nas redes sociais, e mais tarde apagado, de uma amiga de Kevin.

Segundo Anny Alves, depois de um concerto numa discoteca carioca, que não foi autorizado pelas entidades locais, Kevin, a mulher e os amigos regressaram ao hotel. Kevin foi ao quarto ao lado do seu, onde os amigos prepararam uma festa, quando, na sequência de uma brincadeira, ficou com medo da reação da mulher, tentando por isso fugir do quarto pela varanda.

Foi este o relato da amiga no Instagram, que já não está disponível, mas que é citado pela imprensa brasileira nesta terça-feira.

Depois do show, os meninos foram fazer … [inaudível] no quarto e chamaram um monte de mulheres. O Kevin estava no quarto do lado, os moleques chamaram ele para ir para o quarto, trancaram ele lá, e fizeram uma brincadeira de mau gosto. Bateram na porta, o Kevin achou que era a mulher e se desesperou, foi tentar pular de uma varanda para outra. O vidro não resistiu”, afirmou Anny Alves.

Mas há outra linha de investigação em curso. A polícia investiga, ainda, se Kevin tentou saltar da varanda para a piscina do hotel.

Na manhã de segunda-feira, a polícia regressou ao hotel à procura de mais testemunhas e pelo menos duas foram prestar declarações à esquadra. Foram também realizadas perícias nos quartos e na piscina.

Tanto a mulher, Deolane Bezerra, advogada de profissão, como os amigos de Kevin presentes no hotel já foram ouvidos pelas autoridades.

Catarina Machado