Johnny Depp está a produzir um musical sobre a vida de Michael Jackson, que será contado através da perspectiva da icónica luva branca do “Rei do Pop”.

Por amor a uma luva” foi escrito pelo dramaturgo Julien Nitzberg e é descrito por críticos como tendo uma “visão fresca e revisionista das forças estranhas que moldaram Jackson e os escândalos que o atormentaram”.

 

 

Ao jornal Page Six, o dramaturgo disse que foi abordado por um canal de televisão que lhe pediu para escrever o argumento para um filme sobre Michael Jackson, mas que o convite foi cancelado depois de conflitos sobre a abordagem criativa às alegações de abusos sexuais de menores que o cantor enfrenta.

Nitzberg propôs uma solução: “disse, que tal isto? E se todos os crimes de que Michael Jackson foi acusado fossem na realidade causados pela sua luva, que é uma criatura alienígena e que se alimenta do sangue de crianças virgens. Eles [os produtores] riram-se e perguntaram-me se eu podia fazer uma versão normal”.

O dramaturgo não quis abandonar a ideia e decidiu dar-lhe vida nos palcos. Para isso, Nitzberg juntou-se a Johnny Depp, com quem tinha já trabalhado num filme biográfico sobre o artista Tiny Tim.

 

 

O musical atravessa vários momentos decisivos da história do ícone do pop, com uma pequena diferença: todos os eventos são narrados pela luva de Jackson que tem um amor pela música tão grande como o seu desejo de conquistar o mundo

No entanto, quem for à procura de um musical com tributos às músicas do artista vai ficar desiludido. A produção afirma que “Por amor a uma luva” não tem nenhuma interpretação das canções escritas por Michael Jackson ou pela sua família. 

Em vez, o musical quer criar uma atmosfera sonora que lembre as influências que deram origem ao mito de Michael Jackson. Uma viagem que começa na música japonesa e acaba no espírito Soul e R&B de Detroit.

A narrativa gira, por sua vez,  à volta da relação de amizade entre Michael e o cantor Donny Osmond, sugerindo que o momento em que se conheceram é fundamental para entender as características da vida pessoal e profissional de Jackson. O musical reflete ainda sobre os alegados danos psicológicos que as Testemunhas de Jeová, a religião de Michael Jackson, infligiram sob o cantor.

Há dez anos, quando Michael Jackson morreu, Danny Osmond partilhou um vídeo no YouTube onde conta algumas das melhores memórias que teve com o artista.

“Por amor a uma luva: uma fábula musical não autorizada sobre a vida de Michael Jackson, contada pela sua luva” (tradução livre) vai estrear a 25 de janeiro, no teatro Carl Sagan e AnnDruyan, em Los Angeles.