Foi desta forma que António Costa reagiu, esta terça-feira, às declarações de Marcelo Rebelo de Sousa.

Eu ? desautorizar o Presidente da República? Antes pelo contrário", afirmou António Costa.

Em declarações aos jornalistas à saída do Quartel do Carmo, o primeiro-ministro descartou qualquer tensão com o Presidente da República e sugere que tenha havido um "equívoco".

Deve haver aí uma confusão qualquer. Só pode haver", destacou.

Recorde-se que Marcelo Rebelo de Sousa respondeu esta segunda-feira a António Costa sobre o processo de desconfinamento, sublinhando que, “por definição, o Presidente nunca é desautorizado pelo primeiro-ministro”.

Quem nomeia o primeiro-ministro é o Presidente. Não é o primeiro-ministro que nomeia o Presidente”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, que está na Hungria para esta terça-feira ver o primeiro jogo de Portugal no Euro 2020.

O comentário de Marcelo surgiu no mesmo dia em que António Costa disse que ninguém pode garantir que não se volta atrás no desconfinamento, sublinhando que o Governo adotará “em cada momento as medidas que se justifiquem perante o estado da pandemia”.

Rafaela Laja