O ministro dos Negócios Estrangeiros desloca-se, esta quinta-feira, à Madeira para manifestar a solidariedade do Governo para com as vítimas do acidente com um autocarro, que fez 29 mortos, e acompanhar o homólogo alemão, disse à Lusa fonte do ministério.

Augusto Santos Silva estará acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Heiko Maas, que viajará também hoje para a Madeira com uma equipa de médicos, psicólogos e funcionários consulares para “falar com os afetados e agradecer a ajuda” portuguesa.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros lamentou na quarta-feira à noite o “terrível acidente” que vitimou mortalmente 29 turistas alemães, apresentando “sentidas condolências” às famílias, ao povo e Governo da Alemanha.

“Lamentamos profundamente o terrível acidente que hoje ceifou vidas na Região Autónoma da Madeira. Apresentamos sentidas condolências às famílias atingidas e ao Povo e ao Governo da Alemanha”, pode ler-se numa publicação na página oficial da rede social Twitter do ministério.

Heiko Maas agradeceu também o apoio dos "amigos portugueses" pela "grande preocupação e disponibilidade durante estas horas difíceis, em particular às equipas de salvamento locais”.

Pouco depois do anúncio da viagem do MNE alemão, o chefe de gabinete da chanceler alemã, Angela Merkel, disse que um avião com apoio médico está pronto para voar para a Madeira com a missão de transportar para a Alemanha os afetados pelo acidente ocorrido na quarta-feira.

Helge Braun disse aos jornalistas, em Berlim, que as identidades e o número exato de cidadãos alemães entre os 29 mortos no acidente que ocorreu, com um autocarro na ilha portuguesa ainda não são claros.

Entretanto, Braun disse que tem “informações de que era um grupo de viagem composto principalmente por turistas alemães".

O chefe de gabinete disse que as informações sobre as vítimas só serão libertadas quando os familiares forem informados.

Marcelo desloca-se ao Funchal na sexta-feira

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou esta quinta-feira com o seu homólogo alemão, Alemão, Frank-Walter Steinmeier, na sequência do acidente e vai deslocar-se ao Funchal na sexta-feira.

De acordo com uma nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet, o chefe de Estado falou hoje de manhã ao telefone com o Presidente Alemão, Frank-Walter Steinmeier, "que agradeceu a mensagem de condolências, bem como a rapidez e eficácia dos serviços de emergência e hospitalares na Madeira".

Pelo menos 29 pessoas morreram no acidente com um autocarro que transportava turistas, alemães segundo as autoridades regionais, em Santa Cruz, na Madeira.

Uma das vítimas morreu no hospital central do Funchal, onde deram entrada 28 feridos, dois dos quais portugueses.

As vítimas mortais são 12 homens e 17 mulheres.