O Presidente da República disse esta quarta-feira, em Alcanena, que não recebeu ainda o diploma sobre a contagem de tempo de serviço dos professores, considerando ser "prematuro" fazer quaisquer declarações sobre o assunto.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas no final de “A Maior Lição do Mundo”, que se realizou com alunos do Agrupamento de Escolas de Alcanena, no distrito de Santarém, e que teve por tema os Direitos Humanos, numa iniciativa da delegação portuguesa da Organização das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, e do Ministério da Educação.

O Presidente afirmou que recebeu os sindicatos dos professores na segunda-feira, como “tinha prometido”, e que fez “várias perguntas” que lhe foram respondidas, considerando “prematuro” fazer qualquer declaração sobre o diploma de contagem do tempo de serviço dos professores, porque ainda não o tem na sua posse.

Marcelo Rebelo de Sousa realçou a “grande lição” a que assistiu hoje na escola de Alcanena, demonstrativa da importância de “uma comunidade escolar que é feita de realidades diferentes, mas complementares”.

O Presidente realçou o envolvimento da comunidade – pais, autarquia, professores, funcionários, alunos e alunas - e a integração em agrupamento de escolas entre si diferentes, bem como o diálogo com outras escolas, como aconteceu na sessão de hoje, que contou com a presença de uma escola multicultural de Aveiro.

Isto realmente abre o caminho à excelência”, declarou.

Marcelo Rebelo de Sousa foi o “convidado especial” de uma aula “conduzida” pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, com os alunos dos vários ciclos de escolaridade – do pré-escolar ao secundário – a apresentarem o resultado do trabalho realizado sobre o tema dos Direitos Humanos.

A comitiva foi recebida com uma ‘flash mob’ realizada pelos alunos no pátio principal da escola sede do agrupamento, com o Presidente a ser ovacionado e requisitado para dezenas de ‘selfies’.

Antes, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu dois alunos explicarem como estão a trabalhar nas suas turmas o “Antropoceno”, tema escolhido pelo Agrupamento no âmbito da flexibilização curricular e que está a ser desenvolvido em colaboração com várias entidades.

“A Maior Lição do Mundo”, promovida anualmente pela UNICEF um pouco por todo o Mundo, tem este ano por tema “a importância de uma educação de qualidade”, tendo o Agrupamento de Escolas de Alcanena sido escolhido para acolher a iniciativa nacional, que foi transmitida em direto para outras escolas do país.

A aula foi associada às comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da Adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos.