Após reunião de Conselho de Ministros, a ministra do Estado e da Presidência lembrou que o Governo vai continuar a "resolver problemas e desafios que o país tem pela frente".

Mariana Vieira da Silva explicou aos jornalistas que o Governo não se demitiu, nem vai demitir, e que irá continuar a fazer o seu trabalho enquanto aguarda as decisões que cabem agora ao Presidente da República.

O Parlamento e o Governo mantêm a totalidade dos poderes. Aguardamos com toda a serenidade as decisões que cabem ao Presidente da República", disse Mariana Vieira da Silva.

 

"Cumpriremos as medidas no âmbito em que nos for permitido. Mas esse âmbito ainda não é conhecido", reforçou, lembrando que "o país pode enfrentar este momento de menor estabilidade política, ao contrário do que aconteceu no passado, com estabilidade financeira, económica e social".

Recorde-se que esta quinta-feira, a proposta do Orçamento do Estado foi chumbada no Parlamento.

Agora, o Presidente da República irá ouvir parceiros sociais, partidos e Conselho de Estado. A seguir, provavelmente, dissolverá o Parlamento e convocará eleições antecipadas.