Onze militares portugueses partiram esta sexta-feira para o Kosovo, "para triagem e recolocação de cidadãos afegãos", segundo comunicado do Estado-Maior General das Forças Armadas, que confirma a notícia avançada ontem pela TVI.

O grupo viaja numa aeronave C-130, da Força Aérea e vai ser integrado na operação de apoio militar da NATO.

"Os militares portugueses vão cooperar com forças de outras nações, no campo Bechtel, um alojamento temporário onde se está a efetuar a operação de apoio aos cidadãos civis afegãos retirados de Cabul e que aguardam oportunidade para serem recolocados em países de acolhimento", diz o mesmo comunicado.

Os militares vão ainda colaborar com Organizações Não-Governamentais/Organizações Internacionais que estão no referido campo, "de forma a colmatar as necessidades primárias dos cidadãos afegãos que forem identificadas".

A missão poderá durar até 90 dias.

Os 11 militares pertencem aos três ramos das Forças Armadas.

Catarina Pereira