A Avenida de Gustavo Eiffel, que se encontrava interdita desde as 14:00, foi reaberta ao transito automóvel nos dois sentidos, na sequência do desagravamento das condições meteorológicas, anunciou o município do Porto.

Em comunicado na sua página oficial, a Câmara do Porto, salienta que "com o estado do tempo gradualmente a desagravar-se, a Proteção Civil Municipal decidiu levantar a interdição à passagem de veículos, que vigorava desde as 14:00", tendo reaberto a circulação naquela artéria, nos dois sentidos, por volta das 17:45.

De acordo com a autarquia, as condições meteorológicas estão agora estabilizadas, não havendo previsão de que haja agravamento do tempo nas próximas horas

A Avenida de Gustavo Eiffel, entre as pontes Luís I e do Freixo, foi cortada devido a uma precipitação acumulada esperada de entre 30 a 40 milímetros por metro quadrado.

Na quarta-feira, aquela artéria foi encerrada ao trânsito pelas 06:00 devido a uma derrocada provocada pelo ao mau tempo.

Em declarações à Lusa, fonte da Polícia Municipal referiu que a derrocada de terra ocorreu na zona das Fontainhas.

O agravamento das previsões meteorológicas previsto para o dia de hoje, levou também o município a proceder ao corte, pelas 11:00 da Avenida de Dom Carlos I, na Foz.

De manhã, numa nota publicada na sua página oficial, o município adiantava que aquela artéria marginal, junto ao Passeio Alegre, manter-se-ia fechada ao trânsito durante toda esta quinta-feira, podendo ser reaberta ao final do dia quando as condições de segurança o permitirem.

/ AM