Tiago Sousa, o atleta tetraplégico que protagonizou a reportagem da TVI “Sem Desculpas”, lançou esta quarta-feira uma campanha de angariação de fundos para poder ir aos Estados Unidos e usar o exosqueleto HAL, que permite potenciar as respostas dos membros inferiores.

Recorrendo às redes sociais, Tiago respondeu à “onda de amor” de que tem sido alvo e revelou que decidiu criar um GoFundMe para que todos possam contribuir para que cumpra o seu sonho.

Depois de todas as emoções de ontem e a onda de amor, carinho e força, a verdade é que fiquei um bocado overwhelmed com tantas mensagens, sem palavras para descrever este sentimento”, contou.

O jovem fez saber que espera poder ir aos Estados Unidos da América para poder utilizar o exosqueleto HAL em agosto de 2021, mas, para isso, precisa de 30 mil euros.

O objectivo neste momento é ir aos USA e usar o exosqueleto HAL em Agosto de 2021 e permanecer os 3 meses”, afirmou. “Será um grande caminho até lá , mas juntos tudo fica mais fácil e já sabem... Lutar sempre, vencer talvez, mas desistir nunca!”

Tiago Sousa era ainda criança quando descobriu o mundo da ginástica e apaixonou-se pela modalidade de tumbling. Desde cedo foi destacado como uma “jovem promessa”, tornou-se atleta de alta competição do Lisboa Ginásio Clube e chegou mesmo a integrar a seleção nacional.

Durante um treino, com apenas 21 anos, um mortal atrás veio hipotecar o futuro que tinha tudo para ser promissor. Num aquecimento, uma queda, fez com que tivesse uma luxação cervical nas vértebras C5 e C6 e no hospital o diagnóstico não deixou dúvidas: Tiago estava tetraplégico e iria passar o resto da vida numa cadeira de rodas.