O número de mortes por Covid-19 em Portugal subiu para 1.163, de acordo com o boletim desta terça-feira da Direção-Geral da Saúde.

Nas últimas 24 horas registaram-se mais 19 óbitos, mais do dobro que nos dois balanços anteriores.

Foram também contabilizados 234 novos casos, elevando o total para 27.913.

Depois de não ter sofrido alterações na véspera, há mais 464 doentes recuperados. São, agora, 3.013.

Há menos 96 pacientes hospitalizados (709) e há mais um internamento nos cuidados intensivos (113).

Aguardam resultados laboratoriais 2.719 casos suspeitos, enquanto 27.054 pessoas estão sob vigilância das autoridades de saúde.

A região Norte continua a ser a mais afetada pela doença, com 660 mortos e 16.053 infetados. Segue-se Lisboa (254/7.494), o Centro (219/3.553), Algarve (14/350), Alentejo (1/238), Açores (15/135) e Madeira (0/90).

Lisboa também continua a ser o concelho com mais casos positivos - 1.791 (mais 54 que na véspera), à frente de Gaia (1.458) e Porto (1.304).

A faixa etária dos mais de 80 anos é aquela que regista maior número de vítimas mortais, com 780. Segue-se a faixa dos 70-79 anos, com 231, e a dos 60-69 com 101 mortes. A maioria dos óbitos são de doentes do sexo feminino - 594 contra 569 do sexo masculino.

Há também mais mulheres infetadas - 16.416.

Boletim da DGS - 12 de maio by TVI24 on Scribd

        
Catarina Machado