Já morreram 119 pessoas em Portugal por Covid-19, revela o boletim epidemiológico divulgado este domingo pela Direção-Geral da Saúde. Nesta altura há 5.962 infetados e 5.508 pessoas a aguardar resultados laboratoriais. Há 43 casos recuperados e 17.785 sob vigilância das autoridades de saúde.

Das 5.962 pessoas infetadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a grande maioria (5.476) está a recuperar em casa, 486 (mais 68, +16,2%) estão internadas, 138 (mais 49, +55%) dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

Relativamente a sábado, em que se registavam 100 mortes, este domingo observou-se um aumento de 19%.  Já quanto ao número de casos, há mais 902 (um aumento de 15,3% ) face a sábado.

Em relação aos concelhos com o maior número de casos, Lisboa está no topo com 594 casos confirmados, seguindo-se Porto com 417, Vila Nova de Gaia com 351, a Maia com 296 e Matosinhos com 254 casos de Covid-19.

A taxa de letalidade de Covid-19 em Portugal é de 2%, elevando-se para 8,1% nos maiores de 70 anos.

Em relação aos óbitos, há duas mortes confirmadas na faixa dos 40-49 anos, cinco na faixa dos 50 aos 59, 15 entre os 60 e os 69, 27 dos 70 aos 79 anos e 70 mortes em maiores de 80 anos.

Já na manhã deste domingo, foi anunciada a morte de um rapaz de 14 anos em Santa Maria da Feira e que tinha teste positivo para Covid-19, elevando o número de mortes para 120, ainda que este óbito não se reflita ainda na contagem oficial da DGS. 

Açores voltam a corrigir números da DGS

Em relação às regiões autónomas, e segundo o boletim da DGS, há 43 casos confirmados na Madeira e 33 nos Açores. Mas, em comunicado, a Autoridade de Saúde Regional açoriana informa que "até à data, foram detetados na região 42 casos positivos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19, sendo 13 em São Miguel, nove na ilha Terceira, sete em São Jorge, oito no Pico e cinco no Faial". 

/ BC