O incêndio que lavrava desde terça-feira na Covilhã, distrito de Castelo Branco, foi dado como dominado às 02:20, disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Às 7:00, no 'site' da ANEPC indicava-se que se mantinham no terreno 300 operacionais apoiados por 85 viaturas.

O incêndio, que deflagrou na freguesia de Aldeia de São Francisco de Assis, no concelho da Covilhã, chegou a alastrar para o município do Fundão.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes, afirmou que “arderam algumas casas devolutas” na área entre os dois concelhos, mas, como estavam desabitadas, não há quaisquer feridos ou desalojados a registar.

Esta informação foi confirmada junto do CDOS de Castelo Branco: “As únicas estruturas [que arderam] foram palheiros abandonados”.

/ AM