O Ministério Público de Cascais decidiu abrir um processo a Rosa Grilo por alegados maus-tratos ao filho. 

Ao que a TVI24 conseguiu apurar, o inquérito já tem pelo menos seis meses, e remete a uma visita que o menor fez à mãe no Estabelecimento Prisional de Tires, em que Rosa Grilo terá, alegadamente, dado uma bofetada ao filho. 

Por esses motivos, o Ministério Público de Cascais abriu um processo por maus-tratos.

Rosa Grilo está acusada do homicídio do marido, o triatleta Luís Grilo, e a leitura da sentença está marcada para o dia 3 de março, no Tribunal de Loures, às 15:45.

António Assis Teixeira