Francisco Brito, de 16 anos, tinha fugido de casa para ir viver com a namorada também da mesma idade. A 14 de outubro de 2019, decidiu assaltar a pastelaria da mãe em Odivelas. Com a ajuda de mais dois jovens, roubou 3 mil euros e algumas garrafas de bebidas alcoólicas. Ficou tudo gravado nas câmaras de videovigilância.

VEJA TAMBÉM:

Na altura, o jovem fugiu. Mas, passado um mês e meio, decidiu voltar para casa

Confio na minha mãe a 100 por cento e ela a mesma coisa. Ela sabe que se eu falhar com ela, ela só tem de me dar nas orelhas, mas eu não quero falhar com a minha mãe”, diz Francisco.

Na altura do assalto, a mãe apresentou queixa de Francisco às autoridades e até agora ainda não a retirou. O próprio filho quer que o caso prossiga na justiça: “Se fazemos mal, temos de ter consequências”.

Perdoar foi a palavra de ordem na relação desta mãe com o filho

Nós perdoamos sempre os nossos filhos. Por mais que digamos que não, é inevitável. A não ser que não amemos verdadeiramente os nossos filhos”, diz Vanda Brito Lopes.

Francisco tem apenas 16 anos, está empenhado em mostrar à família que mudou e aprendeu a lição. Vai voltar à escola no início do próximo ano letivo.

Catarina Caseirito