A Polícia Judiciária deteve oito homens, suspeitos de, no final de agosto, terem disparado aleatoriamente contra prédios de habitação na Aldeia de Paio Pires, Seixal, distrito de Setúbal.

Os suspeitos, com idades entre os 18 e os 62, respondem pelos crimes de homicídio qualificado na forma tentada, dano qualificado e detenção de arma proibida.

Em causa estará um ajuste de contas.

"Os factos em investigação ocorreram no final do passado mês de agosto, no concelho do Seixal, altura em que os presumíveis autores, na sequência de desacatos provocados num estabelecimento comercial, uns dias antes, procuraram as pessoas com as quais se haviam confrontado e, na via pública, efetuaram inúmeros disparos de arma de fogo, aleatória e indiscriminadamente, contra edifícios de habitação, que só por mera casualidade não provocaram a morte de ninguém", descreve a PJ em comunicado.

A Polícia Judiciária informa, ainda, que, com a colaboração da GNR, foram realizadas duas dezenas de buscas, domiciliárias e não domiciliárias, "tendo sido apreendido diverso material probatório".

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.