Dois dos três feridos do acidente rodoviário ocorrido no concelho de Redondo já tiveram alta hospitalar e o outro, que ficou em estado grave, está em observação, disse à agência Lusa fonte do hospital de Évora.

Fonte do Gabinete de Comunicação do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) indicou que os dois feridos considerados ligeiros, com 23 e 24 anos, já tiveram alta hospitalar e que o ferido grave, de 20 anos, continua em observação.

Além dos três feridos, o acidente, um despiste de um veículo ligeiro de mercadorias, provocou três mortos, com idades compreendidas entre os 20 e os 30 anos, disse anteriormente à Lusa fonte da GNR.

O despiste ocorreu na Estrada Regional 381, junto à barragem da Vigia, no concelho de Redondo, distrito de Évora, segundo uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Redondo, António Recto, disse ter a informação de que as vítimas mortais e os feridos são todos oriundos dos concelhos vizinhos de Reguengos de Monsaraz e de Évora.

Reaberta a circulação na Estrada Regional

A Estrada Regional 381 reabriu cerca das 17:15, disse fonte da GNR à agência Lusa.

O alerta para o despiste, que ocorreu junto à barragem da Vigia e que envolveu um veículo ligeiro de mercadorias, foi dado pelas 05:10.

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar as circunstâncias em que ocorreu o acidente rodoviário, revelou à Lusa fonte policial.

De acordo com o presidente da Câmara de Redondo, António Recto, o acidente ocorreu “à entrada” de uma das duas pontes, a maior, que estão sobre a barragem da Vigia.

As operações de socorro mobilizaram 35 operacionais, apoiados por 17 viaturas, dos bombeiros voluntários de Redondo e de Reguengos de Monsaraz, da GNR e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), além de elementos da PJ.