Esta quarta-feira trouxe o fim do sonho milionário para o Benfica. Os encarnados estiveram a vencer por 2-0 na Alemanha, mas acabaram por consentir o empate já nos minutos finais. Se é impossível chegar ao oitavos da Liga dos Campeões, as contas para chegar à Liga Europa também não são muito animadoras.

A quinta jornada da Liga dos Campeões trouxe vários golos esta terça-feira. Nos campos europeus, foram vários os tentos marcados pelos melhores jogadores do mundo. Esta terça-feira fez-se de exibições inspiradas, nomeadamente a de Robert Lewandowski, que apontou quatro golos em apenas quinze minutos.

O internacional polaco é, para já, o grande artilheiro da competição, depois de já ter marcado 10 golos.

Em Turim, Juventus e Atlético de Madrid voltaram a reencontrar-se, com Cristiano Ronaldo a atuar os 90 minutos e João Félix a entrar já na segunda parte. A grande figura do jogo foi argentino Paulo Dybala, que marcou o único golo da partida. Num livre perfeito encostado à linha final, o número 10 dos bianconeri não deu quaisquer hipóteses a Jan Oblak.

Uma das surpresas da noite veio de Manchester, onde o City não foi além de um empate frente ao Shakhtar Donetsk de Luís Castro. A igualdade acabou por satisfazer as duas equipas. Os ingleses garantiram o apuramento e o primeiro lugar, enquanto os ucranianos conseguiram manter-se no segundo posto, que terão de defender na última jornada, quando receberem a Atalanta.

Também em Inglaterra, José Mourinho e Tottenham viveram uma verdadeira noite de loucos na estreia milionária do técnico português. Os Spurs estiveram a perder por 2-0 com o Olympiakos, mas acabaram por vencer 4-2. Este resultado acabou por fechar as contas do apuramento no grupo B, onde a única dúvida reside na equipa que segue para a Liga Europa. Nesta altura, o Olympiakos, de Pedro Martins, está no último lugar, atrás do Estrela Vermelha. As duas equipas vão encontrar-se em Atenas na próxima ronda.

Veja também: