Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas, esta quarta-feira, em nova confusão no aeroporto de Cabul, no Afeganistão, segundo uma fonte da NATO citada pela Reuters.

A confusão terá sido causada por um grande aglomerado de pessoas junto a uma porta de embarque.

A mesma fonte, que trabalha no aeroporto, revelou que os afegãos só poderão aproximar-se do aeroporto se tiverem passaporte ou visto para viajar.

Acrescentou ainda que não há relatos de violência dos talibãs nas imediações do aeroporto de Cabul.

Vários países, alguns europeus, estão a proceder a voos de evacuação a partir deste aeroporto.

No local ainda permanence um bombeiro português, que deverá ser retirado "entre hoje e amanhã", segundo avançou à TVI24 a secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes.

Na segunda-feira, imagens impressionantes mostraram cidadãos afegãos a tentar fugir de qualquer forma nestes aviões. Alguns morreram por se pendurarem num avião militar.

Catarina Pereira