O número de infetados em Portugal pelo novo coronavírus subiu para 331, mais 86 nas últimas 24 horas, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS) nesta segunda-feira.

No entanto, apesar da subida, o número de internamentos mantém-se nos 139, bem como os 18 doentes nos Cuidados Intensivos, como já tinha atualizado na véspera a ministra da Saúde, Marta Temido.

Por regiões, há mais 35 casos confirmados no Norte, 21 no Centro (mais do que duplicaram), 26 em Lisboa, três no Algarve e um nos Açores. Há também mais um cidadão estrangeiro infectado, sendo agora cinco.

Destaque, também, para o número de doentes recuperados, que subiu para três.

Horas depois da divulgação do boletim epidemiológico, foi anunciada a primeira morte em Portugal por Covid-19, de um homem de 80 anos que estava internado no Hospital de Santa Maria

Entre os infetados, registam-se as primeiras duas meninas com menos de dez anos (havia apenas um menino).

Pelo menos 374 pessoas aguardam resultados laboratoriais e há 4.592 em contactos de vigilância com as autoridades de saúde.

As cadeias de transmissão ativas subiram de 14 para 18, mantendo-se os casos importados: Espanha (16), Itália (14), França (9), Suíça (5), Bélgica (1), Alemanha e Áustria (1) e Andorra (1).

Entre os infetados, além das duas meninas com menos de dez anos, há mais dois casos positivos entre os jovens com 10-19 anos; há mais dez na faixa etária 20-29; mais dez na 30-39; mais 15 na 40-49; mais nove na 50-59; mais 19 na 60-69; mais 11 na 70-79; e mais sete acima dos 80 anos.

Ou seja, nas últimas 24 horas, houve um maior número de contágios entre pessoas com idade acima dos 60 anos.

/ CM