Portugal contabiliza, nas últimas 24 horas, mais 2.072 infetados e 7 mortos por covid-19, de acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado nesta quarta-feira.

Pela primeira vez, Portugal ultrapassou a barreira dos 2.000 casos diários. É o dia com mais novos casos desde o início da pandemia e muito acima do anterior recorde, registado no sábado.

Só a região Norte registou 1.001 casos positivos e três óbitos. Lisboa e Vale do Tejo contabiliza 802 novos casos e quatro mortes.

Há, ainda, mais 1.619 casos ativos de covid-19 no país, para um total de 34.583 doentes.

Já o número de internamentos subiu para 957 (mais 41), com mais três doentes nos cuidados intensivos (135).

Mais de 50.000 pessoas estão em contactos de vigilância com as autoridades de saúde e perto de 55.000 já recuperaram da doença (mais 446 relativamente ao dia anterior).

As faixas etárias onde se registam mais casos positivos situa-se entre os 20 e os 49 anos, mas o maior número de óbitos ocorre acima dos 80 anos.

Os concelhos de Lisboa, Sintra, Loures, Amadora e Vila Nova de Gaia são os mais afetados pela doença, particularmente Lisboa e Sintra, com praticamente o dobro dos casos.

Já hoje o Governo elevou o nível de alerta em Portugal para situação de calamidade e anunciou que vai pedir à Assembleia da República para aprovar o uso obrigatório de máscara na rua.

Desde o início da pandemia já morreram 2.117 doentes de 91.193 infetados.

Boletim da DGS - 14 de outubro by TVI24 on Scribd

Catarina Machado