A hora volta a mudar na madrugada deste domingo. Os relógios (que não forem automáticos) devem, por isso, ser atrasados uma hora: quando baterem as 02:00, volta a ser 01:00 em Portugal Continental e na Madeira.

Nos Açores o processo é semelhante: quando forem 01:00, volta a ser 00:00.

Lembre-se que este regime de mudança da hora, regulado por uma diretiva de 2000, prevê que todos os anos os relógios sejam adiantados e atrasados uma hora no último domingo de março e no último domingo de outubro, marcando o início e o fim do horário de verão.

Este regime tem sido alvo de grande discussão e, apesar de ter sido feita uma proposta de alteração em 2018, ainda não foi desta.

proposta foi avançada pela Comissão Europeia em 2018 e, em 2019, os eurodeputados votaram a favor do fim da mudança de hora, com a medida a entrar em vigor supostamente este ano.

PORQUÊ MUDAR?

Na base do projeto estiveram fatores como a poupança de energia; a saúde das populações; a segurança nas estradas e as melhorias no funcionamento do mercado único

Para além disso, para a maioria dos europeus que responderam ao inquérito online da Comissão Europeia, a mudança de horário duas vezes por ano é negativa.

Já em 2018, o primeiro-ministro português, António Costa, avançou à TVI que “o melhor critério a ser utilizado é o da ciência”, defendendo que para País o melhor seria manter o regime até à data utilizado.

O primeiro-ministro baseou-se na recomendação do relatório realizado pelo Observatório Astronómico de Lisboa, também datado de 2018.