A militar da GNR que tinha ficado ferida com gravidade no acidente com um carro-patrulha na A1, na terça-feira da semana passada, morreu esta segunda-feira. 

A notícia da morte da cabo Vânia Martins,  de 31 anos, foi avançada pela GNR no Facebook.

As nossas sentidas condolências e apoio à família e amigos da nossa militar do Destacamento de Trânsito de Santarém, que faleceu hoje, vítima do trágico acidente ocorrido no passado dia 7 de julho, no cumprimento da missão, zelando pela segurança dos cidadãos", lê-se na publicação. 

 


 

O acidente vitimou igualmente um outro militar da GNR,  o guarda Carlos Pereira, que não resistiu aos ferimentos e perdeu a vida no hospital na semana passada.

A colisão entre um automóvel e um carro-patrulha da GNR na Autoestrada 1 deu-se entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém.

Em comunicado, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, lamentou "o falecimento da Cabo Vânia Martins, na sequência do grave acidente ocorrido no cumprimento da sua missão, numa patrulha do Destacamento de Trânsito da GNR de Santarém".

Em nome do Governo, transmito um voto de pesar e de solidariedade aos familiares, amigos e a todos os militares da Guarda Nacional Republicana", termina a nota de Eduardo Cabrita.

/ BC