Sandro Bernardo, pai de Valentina que se encontra em prisão preventiva por suspeitas de ter matado a filha e escondido o corpo, ingeriu lixívia e detergente no estabelecimento prisional anexo à Polícia Judiciária (PJ).

Ao que a TVI conseguiu apurar, o suspeito foi apanhado a ingerir esses líquidos durante a noite, foi de imediato encaminhado para as urgências do Hospital Santa Maria, tendo regressado à cadeia às 02:00 da manhã. 

De recordar que esta não é a primeira tentativa de suicídio por parte de Sandro Bernardo. A 15 de maio o pai de Valentina já vários cortes no corpo, alegadamente, feitos pelo próprio com recurso a lâmicas das giletes do kit de higiene.

Veja também:

Sandro Bernardo encontra-se em isolamento na PJ, indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e violência doméstica contra a filha. Tanto Sandro Bernardo como Márcia Monteiro, a madrasta, foram alvo de ameaças por parte de reclusos de várias prisões

Valentina, de 9 anos, que se encontrava desaparecida desde quinta-feira, após denúncia do pai à GNR, foi encontrada morta no dia 10 de maio pela PJ, escondida numa zona de mato na Serra d'El-Rei, a cerca de cinco quilómetros de casa, depois de o pai ter confessado a localização do corpo.

Daniela Rodrigues