O cantor Tony Carreira foi internado no Hospital de Faro após um problema cardíaco.

Ao que a TVI conseguiu apurar, o artista está estável. Na sua página oficial de Facebook também é informado que "o artista está internado e que se encontra bem de saúde".

 

 

 

O internamento do cantor ocorre exatamente um mês antes de um concerto esgotado no Salão Preto e Prata do Casino Estoril.
 

 

 

Em maio, Carreira sentou-se com Manuel Luís Goucha para uma conversa intimista, onde reiterou que a Associação Sara Carreira vai apoiar 21 crianças com o intuito de as ajudar a perseguir sonhos seja numa carreira artística ou noutra carreira qualquer. 

A ideia é que as crianças tenham "padrinhos" para as orientar. 

Se tivermos o privilégio de ter aqui um primeiro-ministro, um grande médico, um grande cantor, um grande jogador de futebol, então teremos a missão cumprida. O único lucro que queremos ter é que se lembrem da nossa filha a fazer o bem", disse o músico.

Na entrevista, e pouco mais de cinco meses depois da morte da sua filha, Tony Carreira mostrou-se claramente emocionado. "A Sara era luz, era uma alegria, era a minha princesa. Era a mulher da minha vida", disse o músico, recordando a filha que morreu num acidente de viação em dezembro do ano passado, com 21 anos. 

"A vida tem sentido quando se perde uma filha?", começou por perguntar o apresentador da TVI. Tony Carreira não hesitou na resposta: "Não, claramente não."

Além disso, Tony Carreira gravou dois temas inéditos que Sara Carreira deixou escritos. E escreveu novas canções, dedicadas à filha, que vão fazer parte do seu próximo disco. "Estou à espera de respostas, de perceber o porquê de a vida ser tão injusta, e estou à procura de caminhos", 

 

Redação