O novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, também venceu a votação em Portugal: tanto em Lisboa, como no Porto.

Nas 27 assembleias de voto em Lisboa, o candidato da extrema-direita conquistou 64,4% dos 6.948 votos válidos. Também no Porto foi o vencedor, com 66,5% dos votos.

De acordo com os dados afixados na Faculdade de Direito, onde decorreu a votação em Lisboa, Jair Bolsonaro (Partido Social Liberal - PSL) obteve 4.475 votos contra 2.473 votos (35,5%) de Fernando Haddad, o candidato do Partido dos Trabalhadores, de esquerda. 

No Porto, a vitória foi ainda mais expressiva, com 66,5% dos votos válidos, disse à Lusa Alexandre Alvim cônsul-adjunto no Porto. Dos 4.700 eleitores que foram às urnas na Invicta, 3.145 votaram em Bolsonaro.

A abstenção, de cerca de 65%, foi superior ao esperado, segundo o diplomata, que adiantou que o ato eleitoral decorreu normalmente.

Cerca de 40 mil brasileiros (39.118) residentes em Portugal podiam votar nesta segunda volta das eleições presidenciais. No total, eram quase mais 10 mil recenseados do que em 2014.

As urnas em todos os locais de voto em Portugal abriram às 08:00 e encerraram às 17:00.

Os resultados AO MINUTO

No total, foram cerca de 147,3 milhões os eleitores brasileiros chamados hoje às urnas para decidir o próximo Presidente da República brasileiro.

Jair Bolsonaro votou de manhã, numa escola primária, no Rio do Janeiro, sob fortes medidas de segurança. O candidato da extrema-direita entrou por uma porta traseira do edifício, mas acabou por aparecer junto à entrada, onde estavam muitos apoiantes. Bolsonaro acenou aos populares.

Fernando Haddad votou num colégio na zona sul de São Paulo.

Haddad vs. Bolsonaro: compare as propostas de um e de outro

Além da corrida para o cargo de Presidente, os brasileiros também de escolheram os próximos representantes no parlamento (Câmara dos Deputados e Senado) e nos governos regionais que não ficaram definidos na primeira volta, que se realizou a 7 de outubro.

Veja também: